quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Ester saudades

Oi meu 💓 amor ... Hoje mamãe acordou relembrando nossos momentos juntas,as vezes me pergunto se tudo não passou de um pesadelo e imagino você aqui comigo andando falando dando e recebendo amor carinho é tudo que eu sonhei um dia para nós duas ... Lágrimas as vezes são inevitáveis 😢 a quem se engane ao pensar que a dor da saudade passa, eu apenas acho que ela e um interruptor alojado no coração vez em quando ele se acende e desperta no nosso coração este sentimento de vazio,tristeza solidão, desperta esta saudade que a pouco parecia controlada. Ester mamãe te ama tanto tanto e todos os dias lembra de vc seja para chorar ou sorrir todos os dias meu tesourinho... Eu não entendo por que ainda sinceramente mas me detenho em não questionar ou tentar pelo menos ... Saudade dói. Eu não sei se este clima de natal me traz tristeza datas passam a ser odiadas depois da perda e isto nos machuca tanto ... Beijos meu amor mamãe te ama além do infinito e imagino que cada vez que escrevo aqui papai do Céu le para vc ai no céu... Um beijinho 😘 bem estraladinho em você e na sua irmã Julia. Tmb não te esqueci minha princesa 👸 mamãe te ama muito ... Beijos minhas joias amo vcs ate breve ....   

domingo, 23 de novembro de 2014

Tudo mudou depois de sua partida

Tudo mudou depois de sua partida 
Eu não caibo mais nas roupas que eu cabia,
 eu não encho a mais a casa de alegria.
 Os anos se passaram e, enquanto eu dormia,
 quem eu queria bem me esquecia.
 Será que eu falei o que ninguém dizia? 
Será que eu escutei o que ninguém ouvia? 
Eu não vou me adaptar. 
Eu não tenho mais a cara que eu tinha;
 no espelho essa cara já não é minha. 
 Será que eu falei o que ninguém ouvia? 
Será que eu escutei o que ninguém dizia?
 Eu não vou me adaptar (…). 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Saudades infinitas

Oi meus amores tudo bem ???? Claro que sim estão NPS bracos do papai do céu ... Mamãe estes dias tem chorado muito  relembrando td que vivemos principalmente de você Ester, lembro de cada detalhe seu cada tracinho seu, e como me DOI lembrar de você seu papai ta aqui xato briguento como sempre mas sente muito sua falta, eu a amo como no primeiro dia em que soube de sua existencia eu a amo como semprea amei e sei que vc sabe disso não partiu por uma  covardia mnha e sim contra minha vontade saiba que ninguem vai te substituir ninguem, seu lugar o de Julia estarão aqui sempre reservados no camarote do meu coracao... Nao ah nada que mude isso que e peco ao pai do ceu que me faca voltar a sorrir peçao vcs tmb minhas bonecas... Amo vcs ate o ultimo piscar de olhos até o ultimo suspiro amo voces ... Beijos da mamae... 

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Ester eternamente...

Linda como o pássaro que canta ao amanhecer
Iluminas a aurora com teu doce e celeste olhar
Ainda que se passem milhares de anos a correr
Amarei-te sempre com toda a força de meu ser


Bela e apaixonante, eras mesmo inigualável
Especial como a Lua que se entrega imensurável
Iluminando a noite com sua pureza incomparável


Foste sempre anjo a flutuar
Rumo ao paraíso para onde fostes descansar
Incrível como a borboleta que voa para o mar
E agora o que fazer sem você para olhar
De todos os anjos nesta Terra à abençoar
Era você que Deus tinha que levar
Belo ser divino que nasceu para encantar
Agora fica o vazio e a tristeza a me esmagar
Como pedra pontiaguda que meu coração vem dilacerar
Hoje só restam as lágrimas, no meu rosto a derramar.


Amaremos sempre a você como luz da nossa vida
Mais do que um anjo, será sempre a que cura nossa ferida
Ou melhor dizendo, de todas a mais querida!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Laços eternos ...

Nossos pais descobrem que um ser está para nascer trazendo um brilho de luz. A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz. Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distância de quem sempre nos amará, esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos. Mas, um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos. Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada "meus pêsames" parece pesar. Nossos pensamentos levam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: "te amo"; "preciso de você", "estou sempre aqui", "me preocupo", e como se não bastasse vem à frase mais forte "a culpa foi minha". Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância. E a resposta para essa dor? O tempo é uma certeza: Quando amamos transmitimos o amor em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais; quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido; quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós. E a culpa? A culpa é da vida que tem início, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto por perder alguém. O tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros. Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim resta apenas a saudade. Não importa onde estejam, quem amamos sempre estará conosco!
 


                                                                                       Desc Autor.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Perdas que não tem nome.



Perdas que não tem nome.
Dor que dói só de pensar.
Dor que um dia ouvi ser equiparada a um parto inverso.
Devolver o filho. Sem ao menos nos perguntar se damos essa permissão.
Lágrima que não sai. Choro que nos falta o ar.
Medo de viver.
Medo que o medo nunca saia de nosso coração.
Medo do medo.
Vontade louca de voltar segundos, ou talvez milésimos dele, para gritarmos para nosso filho: saia daí! , ou desvie o carro, ou não ande por essa rua.
Mas nada é possível.
O chão é roubado, o coração parece parar, e borboletas voam angustiadas pela nossa alma.
O sonho de que tudo seja mentira. Que a notícia recebida foi engano. Que o nome dito era homônimo.
A mentira se faz verdade.
O nome querido pensado com tanto carinho antes mesmo do nascimento, é trocado por alguém que já o chama de “corpo”.
Seu leito se torna forrado de flores, flores estas que sonhávamos para sua formatura ou casamento. E agora o acompanha para emoldurar seu semblante que parece estar em um sono profundo.
Olhos que não abrem mais. Mãos que não nos afagarão mais. Voz que não nos dirá que está com fome ou que quer aquele doce que só você sabia fazer.

domingo, 27 de julho de 2014

saudades meus amores....

Oi meus amores saudades de escrever para voces, a muito não o faço, não porque não sinto mais saudades, pois por estes dias a saudade de VC minha Ester minha vida tem sido violenta, acordo no meio da noite e choro parece que a dor que sinto esta com a mesma intensidade de 2 e 3 meses atraz, acordo e penso em VC, como lamento não ter você meu pedacinho de gente, gotinha de amor, quantos anos vão se passar  e eu vou te amar, ainda vou chorar, vou lamentar e me culpar, sempre pois amor de mãe nunca diminui ou morre, e não precisamos ter nossos filhos aqui. As vezes queria que fosse um sonho, e que ao acordar te veria aqui ao meu lado sorrindo, brincando me amando, e brigando por que era a carinha do seu papai acho ia ser implicante como ele rsrsrsrs. AMOR pede pro papai do céus vc e sua irmã ai uma chance pra mamãe ter mais um bebe, mais pede uma gestação tranquila cheia de saúde e que no fim eupossa ouvir o som do chorinho, sentir ele sendo amamentado, pede filha mamãe agora se sente pronta pra tentar mais uma vez, uma ultima vez... Quem sabe neh... Amo vcs gotinhas de amor mais do que as palavras podem dizet , mais do que as palavras nunca foram.... Ate mais ...

sábado, 21 de junho de 2014

SE O AMANHÃ NÃO VIER...



Se eu soubesse que essa seria a ultima vez que eu veria você dormir 
Eu aconchegaria você mais apertado, 
E rogaria ao senhor que protegesse você.

Se eu soubesse que essa seria a última vez que veria você sair pela porta, 
Eu abraçaria, beijaria você e a chamaria de volta,
Para abraçar e beijar uma vez mais. 

Se eu soubesse que essa seria a última vez que ouviria sua voz em oração Eu filmaria cada gesto, cada palavra sua, Para que eu pudesse ver e ouvir de novo, dia após dia.

Se eu soubesse que essa seria a última vez,
Eu gastaria um minuto extra ou dois, para parar e dizer: EU TE AMO
Ao invés de assumir que você já sabe disso.

Se eu soubesse que essa seria a última vez,
Eu estaria ao seu lado, partilhando do seu dia, ao invés de pensar:
“Bem, tenho certeza que outras oportunidades virão, então eu posso deixar passar esse dia.”

É claro que haverá um amanhã para se fazer uma revisão,
E nós teríamos uma segunda chance para fazer as coisas de maneira correta.

É claro que haverá outro dia para dizermos um para o outro:
“EU TE AMO”,

E certamente haverá uma nova chance de dizermos um para o outro:
“Posso te ajudar em alguma coisa?”
Mas no caso de eu estar errado, e hoje ser o último dia que temos,
Eu gostaria de dizer O QUANTO EU AMO VOCÊ,
E espero que nunca esqueçamos disso.
O dia de amanhã não está prometido para ninguém, jovem ou velho,
E hoje pode ser sua última chance de segurar bem apertado, a mão da pessoa que você ama.

Se você está esperando pelo amanhã, porque não o fazer hoje?
Porque se o amanhã não vier, você com certeza se arrependerá pelo resto de sua vida,
De não ter gasto aquele tempo extra num sorriso, num abraço, num beijo,
Porque você estava muito ocupado para dar para aquela pessoa, aquilo que acabou sendo o último desejo que ela queria.

Então, abrace seu amado, a sua amada HOJE.
Bem apertado.
Sussurre nos seus ouvidos, dizendo o quanto o ama e o quanto o quer junto de você.
Gaste um tempo para dizer:
“Me desculpe”
“Por favor”
“Me perdoe”
“Obrigado”
ou ainda:
“Não foi nada”
“Está tudo bem”
Porque, se o amanhã jamais chegar, você não terá que se arrepender pelo dia de hoje.
Pois o passado não volta, e o futuro talvez não chegue.

(Texto postado no mural de comunicação interna da TAM, um dia após a queda do Boeing, pelo marido de uma das aeromoças mortas)

quinta-feira, 19 de junho de 2014

JUST ME: SAUDADE

 Quando a saudade nos joga no passado, abrindo feridas antigas e nos prende a respiração, riscando um traçado tão forte que é impossível deixar de sentir, esquecer o gosto amargo do que foi e já não é, e este nos engole sem resistência.
Quando a saudade nos assalta o pensamento e cava um buraco no peito, lá no mais fundo de nós, ficando um vazio sem medida, um nó na garganta  que nos amarra a voz e nos rouba a vontade de voltar a sonhar.
Quando a saudade é tão grande que não cabe mais no peito, preenchendo todo o espaço do corpo e se esvai em lágrimas silenciosas, que dilaceram o coração não sobrando espaço para mais nenhuma forma de sentir.
Quando a saudade deseja o que não é possível ter, quando se transforma em declínio dos dias que passam sem que possamos agarra-los mais, deixando vagarosamente passar o futuro, sem travão, sem freio, sem condução certa, como um barco, de velas rasgadas, à deriva no mar que se perdeu no meio da tempestade
Quando a saudade bate e não conseguimos nos livrar dela…


sexta-feira, 6 de junho de 2014

Carta de Mãe...

¯¯¯¯¯¯¯¯ღ☆ღ¯¯¯¯¯¯¯¯
☆☆ Sonhos adiados☆☆
¯¯¯¯¯¯¯¯ღ☆ღ¯¯¯¯¯¯¯¯

Carta de Mãe...

Olá meu Anjo, hoje olhando para as estrelas encontrei-te : ), sim és a brilhante de todas as estrela...
O meu amor por ti cresce e transmite-me paz ao ver-te cintilar lá no céu tão escuro.
Imagino então que tu também queres me ver brilhar aqui para que ao veres-me possas sentir o mesmo eu que sinto ao ver-te.
Pois meu lindo/a anjo apesar da dor, estou me esforçando para eu também te possa iluminar, assim como tu me iluminaste durante o tempo que cá estiveste.
Quero que saibas meu querido filho/a que foi contigo que eu aprendi o verdadeiro significado do AMOR.
Agradeço-te meu anjo o privilégio que me deste com a tua presença terrena, aqui ao meu lado. Agora compreendi que terei que fazer o resto do percurso sem ti " a tua presença física".
Obrigado meu filho/a por todos os sorrisos, pelo teu olhar meigo, pelas tuas doces palavras e por todas as alegrias que me deste e por tudo que me ensinaste, sem a tua existência eu não seria a Mulher e Mãe que sou hoje.
Todos os dias tento brilhar mais um pouco para ti.

Amo-te eternamente meu menino/a
www.facebook.com/SonhosAdiados 



Natália Romeo Santos

¯¯¯¯¯¯¯¯ღ☆ღ¯¯¯¯¯¯¯¯
Sonhos Adiados
¯¯¯¯¯¯¯¯ღ☆ღ¯¯¯¯¯¯¯¯

quinta-feira, 22 de maio de 2014

ENTREVISTA.

    • Entrevista cedida para uma universitária para ajudar profissionais que atendem mães em luto e a importância do blog neste processo.
    • Se por ventura alguma mãe quiser ajudar pode entrar em contato comigo que lhes apresentarei a mesma para entrevistá'-la, a entrevista deve ser feita por face inbox ou vídeo. 
    • A IDENTIDADE DA ENTREVISTADORA FOI PRESERVADA A FIM DE PRESERVAR SUA IMAGEM.

    • Entrevistadora.
  • Conte-me sobre você.
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Sou Curitibana tenho 28 anos e uma filha de 11 anos a qual tive em minha adolescência após 5 anos me casei com meu esposo Jeferson e estamos casados a 6 anos sempre desejamos ter nossos filhos.Atualmente sou dona de casa e estudante pretendo cursar ciências da computação.
    • Entrevistadora.
    Há quanto tempo você. perdeu seu(sua) (s) )filho(a)(s)??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    a primeira bebe eu perdi a 4 anos e a Segunda bebe a 2 anos
    • Entrevistadora.
    Conte-me como foi ou é seu relacionamento com seu filho(a)(s)..
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A com minhas bebes eu não tive relacionamento de convivência e com minha filha após a segunda perda dificultou muito eu a esqueci por um tempo e isto a afastou muito de mim, lembro-me que quando cheguei em casa ela me empurrou e perguntou o que eu havia feito com sua irmã, levei um choque e passei a evitar ela.
    • Entrevistadora.
    que idade tinham suas filhas??
    entendi...
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Julia que perdi em 2010 eu estava com 21 semanas de gestação e Ester a qual perdi em 2012 eu estava com 33 semanas de gestação.
    • Entrevistadora.
    Conte-me como foi a morte de suas filhas..
    td ok por ai??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A primeira filha eu estava de 21 semanas de gestação, fui a uma consulta de rotina e o Dr não conseguiu ouvir seus batimentos, ele disse ser normal e eu vim pra casa com muita dor na manha seguinte tive sangramento e procurei uma maternidade a qual constatou que minha bebe estava em óbito, tive um parto normal, e sai daquela maternidade arrasada desejando nunca mais passar por isto a sensação de sair com braços e colo vazios são dilacerantes.
    • Entrevistadora.
    e a segunda??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Após 2 anos resolvi que gostaria de ser mãe novamente decidimos eu e meu marido tentarmos novamente já que nosso sonho era ter nossos filhos frutos de nosso casamento e somar com os que já tínhamos engravidei novamente em setembro de 2011 passei a cuidar do meu pré natal com calma e assim fomos indo com 5 meses descobri ser outra menina e não cabia de felicidade, quando com 30 semanas comecei a inchar urinar muito pouco e dores de cabeça, quando com 32 semanas procurei uma maternidade e a médica me informou que eu estava com minha pressão muito alta para uma gestante 14/8 ela resolveu me internar e com exames descobriu que eu estava com quadro de Pré eclampsia Grave , estava com meus figados parando,rins pulmões coagulo sanguino e minha bebe estava com sofrimento fetal agudo baixo peso, precisávamos de UTI para mim e minha filha mais não haviam vagas fiquei com este quadro dias até que ao realizar uma ultra minha filha estava tendo parada cardíaca dentro de mim, fizeram uma cesária de emergência na qual ela não resistiu.
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    foi muito doloroso perder Julia com 21 semanas, mas perder Ester pronta para vir ao mundo formada foi muito mais
    • Entrevistadora.
    como vc se sentiu?? como foi esta experiência??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Me senti acabada perder um bebe dói imagine perder duas bebes na segunda tudo estava pronto carrinho,berço roupas tudo eu me lembro de passar mais 18 dias no hospital pois meu estado emocional era horrível o que fazia eu ter picos de 24/19 de pressão eu nao queria mais voltar para casa eu não podia encarar aquela sensação novamente de sair daquele hospital mas uma vez de braços e colo vazio, como encarar amigos,filha,esposo família mas uma vez me senti inútil fracassada. Lembro-me de pedir para ver Ester quando voltei da anestesia e ela era perfeita assim com eu havia imaginado e pedido a Deus perdi perdão a beijei e me desculpei por falhar como mãe na missão de trazer ela ao mundo. A roupinha que eu comprei com amor para tirar ela da maternidade foi usada para enterrar ela e isso eu nunca vou esquecer.
    • Entrevistadora.
    vc está bem?? está confortada na entrevista?? posso continuar??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    sim pode sim lagrimas rolam mais eu preciso, preciso contar...
    • Entrevistadora.
    sim, também penso dessa forma.. quando vc precisar de tempo me avisa..
    Conte-me como foram os primeiros dias e semanas após as suas perdas
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A foram terríveis eu me lembro de procurar respostas desesperadas para ambas as perdas, más a segunda meu Deus eu achava que iria enlouquecer havia fotos de Ester 6 fotos e eu as olhava dia e noite eu colocava uma de seu rosto ao lado no travesseiro e imaginava ser ela ali cobria a foto envolvia em meu braço... Tomava banho de horas soluçando perguntando a Deus Porque? Eu novamente? Horas e horas choro imaginava Ester com frio no tumulo, minha vida havia acabado, minha vontade era morrer e pensei muito tirar a vida, o que me fez mudar minha ideia é que sou cristã e acredito que suicidas não iram ao céu e como ia encontrar minhas filhas...
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Odiava bebes e mulheres gravidas
    • Entrevistadora.
    compreendo..
    Quais foram as principais fontes de apoio que você recebeu??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Primeiro meu esposo ele me ajudou muito ele me ergueu, segundo minha família e amigos e terceiro amigas que passavam pela mesma dor na internet.
    • Entrevistadora.
    Agora definitivamente falaremos sobre o blog...Quanto tempo após a(s) perda(s) você criou o blog??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    O blog de uma amiga chamada Natacha que havia perdido um bebe exatamente como eu eu encontrei pela pesquisa de Pré eclampsia foi quando vi que havia outro blog de minha amiga Thyara que também havia perdido sua bebe e vi que este blog poderia me ajudar resolvi fazer o meu também

    • Entrevistadora.
    O que fez você decidir sobre a criação do blog??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A forma como elas podiam e conseguiam falar do assunto

    • Entrevistadora.
    Conte-me sobre a experiência de ter um blog..
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Ali ninguém ia ver o processo pelo qual passei para escrever meus desabafos eu podia chorrar na frente daquele computador gritar de dor a cada palavra digitada mais só o veriam pronto leriam e quem quisesse choraria comigo, através deste blog vieram mais amigas na dor e na perda e através dele comecei a me erguer novamente.
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    e através dele fiz outro projeto Sonhos Adiados ao qual hj tenho mais de 38 mil curtidas são mães e pais que sofrem com o luto. O blog foi um divisor de águas no meu luto

    • Entrevistadora.
    Vc tinha ou tem expectativas em relação ao blog??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Não eu não me importava se teria 1 visualização duas um seguidor ou dois eu só queria ter alguém com quem conversar que não me olhasse torto ou branco quando eu fosse falar de minhas filhas ele era meu amigo invisível.
    • Entrevistadora.
    entendi?? e hoje vc tem expectativas??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Não hoje tenho mais de 68 mil curtidas e ele continua sendo meu ponto de partida quando me sinto mal com muita dor e saudade corro escrever, assim como no nosso luto o blog transparece muito isso por que ali você vê a frequência de posts eram um dois três por dia hoje eu já posto uma vez por semana acalmou muito minha necessidade de expor minha dor, mais expectativas em relação a ele hoje é só que ele ajudes mais mães que ainda vão passar por esta dor.

    • Entrevistadora.
    O projeto Sonhos Adiados é uma pagina no Face, não é isso?? Porque você acredita que o blog foi um divisor de aguas em seu luto??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Sim Sonhos Adiados é no facebook quem entra em meu blog logo visualiza a pagina do face os dois caminham juntos.
    Foi sim por que como eu disse ele deixou eu expor meu luto sem perguntar por que chorava novamente, sem me pedir para parar de chorar esquecer minhas filhas ele foi meu confidente meu amigo através dele ajudei e fui ajudada por muitas mães e pais em luto .
    • Entrevistadora.
    Há quanto tempo você posta em seu blog? Quando você faz atualizações e como seleciona os conteúdos a serem postados??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A 2 anos desde que perdi minha segunda filha, faço atualizações semanais e seleciono o conteúdo
    conforme crio frases poemas e incentivo a superação de luto
    • Entrevistadora.
    Conte-me momentos importantes vividos em função do blog...

  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Nossa foram tantos primeiro as amizades que fiz lindas e solidas, me ajudaram a levantar, segundo uma mãe que iria cometer suicídio e através de uma postagem minha ela resolveu se erguer dar uma chance para vida. Foram tantos inumeráveis,
    • Entrevistadora.
    vc já utilizava a internet antes do blog?? de que outras maneiras você utiliza a internet??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Sim facebook,orkut sempre fui amante de computador internet acho maravilhoso.
    • Entrevistadora.
    Você segue outros blogs?/ Quem é a audiência do seu blog?? Como são as interações por meio do blog??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    sim sigo qualquer blog que eu encontre relacionado ao luto. São pessoas em geral em luto mais ah algumas que apenas se sensibilizam com minha história.
    nao entendi a ultima pergunta
    • Entrevistadora.
    Como vc interage.. por exemplo ferramenta comentários, bate-papo, ou então contatos telefônicos, presenciais etc..
    entendeu??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A sim, a interação por bate papo e pouca mais são pelo face já que ali tem uma interação com meu face no blog
    • Entrevistadora.
    e outras ferramentas??
    De que maneira a internet em geral foi importante na sua experiência? Por que?
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Comentários são muitos mais hj menos
    • Entrevistadora.
    De que maneira a internet em geral foi importante na sua experiência? Por que?
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A internet ajudou de maneira geral em meu luto podia falar abertamente do meu luto encontrei pessoas no mesmo processo foi crucial.
    • Entrevistadora.
    Como você avalia os resultados desta experiência de ter um blog sobre a sua perda??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    O blog foi meu maior amigo, eu nunca tive a mesma liberdade no face por exemplo por que cada vez que eu postava no face alguém me julgava ou ligava para meu marido pra saber como eu estava. Então no blog podia viver meu luto mais intimamente.

    • Entrevistadora.
    compreendo...
    Você se considera hoje uma pessoa diferente de antes de ter tido experiências de perda e de ter tido um blog sobre o assunto?? Se sim, em que aspectos você acha que mudou??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Nossa muito me considero muito diferente, hoje eu acredito que devemos viver para nos agradar não aceito que ninguém me julgue por nada que eu faço, não e qualquer coisa que me abate me tornei mais forte. Sou mais aberta em falar no assunto, ja consigo tocar no assunto em me desesperar e sair correndo, me relaciono melhor com as pessoas ja que por muito tempo me afastei da sociedade.
    • Entrevistadora.
    Vc consegue dizer pra mim qual a diferença entre expressar o luto no blog e no face??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    Sim no blogue são mais mães por que são as que mais fazem este tipo de blog. Ja no face são diversas formas de luto, pais,mães,tios,irmãos,primos,avós namorados namoradas o alcance de publico é bem maior.
    • Entrevistadora.
    mais alguma diferença??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    A acessibilidade ali é bem maior no face mais que no blog.
    • Entrevistadora.
    ok.. e quanto a liberdade de expressão??
  • Suelen Soares L
    Suelen Soares L
    No Blog é bem maior o face qualquer coisa que você diga ou pense pode ser mal interpretado e bloqueado pelo face,o que não é ruim mais no blog isso não existe quem não concorda ou não gosta só se restringe a comentar podendo eu aceitar ou não. Acho neste aspecto o blog melhor.



ESTER EU TE AMO ETERNAMENTE

Sinto saudades...

glitters