quarta-feira, 5 de junho de 2013

AO FILHO QUE MORREU

AO FILHO QUE MORREU

Ó, filho querido,

Descansa em paz e não tenhas medo
Pois, a partir de agora
Estarás imune ao sofrimento

Quanto a mim,
Saibas que vou amá-lo para sempre
O mesmo amor que eu já lhe tinha
Desde que vivias em meu ventre

Jamais vou te esquecer
E a tua lembrança será para mim
Como se ainda continuasses a viver

Todos os dias, meu filho,
Vou arrumar o teu quarto
Vou dobrar o teu pijama
E, de vez em quando,
Só para fingir que ainda estás dormindo
Vou levar o café em tua cama

E sobretudo, meu filho,
Todos os dias vou dizer-lhe bom dia
Vou beijá-lo no rosto
Vou abraçá-lo bem apertado
e chorar feito louca
Diante do teu retrato
SEMPRE SERA ETERNO

(André Augusto Passari, em "Fragmentos do Tempo", editora artepaubrasil)

terça-feira, 4 de junho de 2013

Vai Passar...

Uma das melhores definições para a morte de um filho incrível vele a pena ler .... Dedicado aos pais que perderam seus amados filhos...

Por Edma Costa ...



Vai passar ... 
Com o tempo melhora ... O tempo resolve tudo ...A dor vai virar saudade e a saudade se transformará nas lembranças boas que serão gostosas a serem revividas ... Quem falou isso ,graças a Deus nao perdeu um filho .
Saudade se sente de um pai que parti ,de uma mãe que após criar seus filhos vai embora .Ensinei meus filhos que os avos viram estrelinhas e que quando eu fosse embora seria uma flor no coração deles . Isto é logico !!!! É logico que o vovozinho carinhoso de cabeça branca vai virar estrelinha ,suas pernas cansadas ,sua voz rouca ,já contou todas suas historia que passou a repeti-las .
E afinal todo neto precisa de uma estrelinha para guia-lo .
Mas como pode um filho virar estrelinha ??? como ??? nem escreveu sua historia ,não viveu seus filhos ,começou agora a contar alguma travessura .Nao tem historia longa .os passos são firmes ,a cabeça cheia de ideias ,o coração cheio de esperança ...
Nao se compara tal coisa ,não é comparável a nada a dor de perder um filho .A alegria do dia da chegada ,não supera a dor do dia da partida .Lua ,sol ,estrelas ,passam a serem apenas astros sem beleza ,as estacoes do ano nao tem beleza ,é sempre triste.
A s reuniões intimas da família ,assistindo a um filme ,fazendo um churras co acabam ... não tem como repeti-las pois falta o filho e isso fará chorar ,Nao é viável ligar o radio ,por que a canção vai te fazer chorar ,sair a rua é revoltante pois você percebe que o mundo gira mas seu filho não esta aqui .
O jovem que passa na rua usa a camisa da cor preferida dele .o pezinho do bebe no colo da mãe é gordinho como o dele ,a pipa no ar lembra quantas você fez com ele .Você vê que nada muda ,só ele mudou pra um lugar que você não sabe ,que você não vê ,que voce tem que acreditar ,mas a partida dele levou junto sua fé na vida ,sua fé em tudo .Seu coração vazio ,também esta cheio de dor .Mas espera ai .... você tem outros filhos você tem que seguir ,ah!! um filho não substitui o outro ,e seus filhos também mudaram .também se tornaram sobreviventes apos a catástrofe que passou em seu lar ...O amor que uniu os irmãos por todo tempo juntos sangra de saudade no coração dos que ficaram .
Você teve a alma amputada ao enterra-lo ,mas mesmo assim ela doí um dor que nunca passa .Seus olhos vivem molhados de lagrimas grossas e as mais verdadeiras ,pois sao elas o abraço que você não pode dar ,o sorriso que te falta ,o grito , o sonho ,o caminhar que parou sem razão ,o olhar carinhoso que você não esquece , as lagrimas são os primeiros choros , as mamadeiras as fraldinhas ,os primeiros passos , a escola ,as travessuras ,colégio ,amores ,livros .diplomas ,medalhas , o barulho na casa , mãe cade isso ??? fotos que por vezes você até evita olhar mas olha escondido de você mesmo. ah!!! quão doídas são as lagrimas ,oh!! quão valiosas ,balsamos ao coração que sangra e ao corpo que adoece .Nao !!! mas a questão é que o tempo vai fazer tudo melhorar ....
Como melhorar ??? Como curar de uma dor que não tem cura ,como esquecer o que não pode ser esquecido ,como arrançar do coração o que esta no corpo inteiro .C omo apagar uma historia que não pode ser esquecida principalmente por que não teve final .... E se ainda fosse possível medicar a dor e trazer pra ela o esquecimento quem desejaria ?? Qual mãe ,qual pai quer ou pode esquecer um filho ???
Nao senhor tempo ,desta vez o senhor não vencerá ,pois ,mesmo quando se fizer tempo de eu partir , e meu corpo se transformar em pó ,ainda assim continuarei a gritar por meu filho ,mesmo que seja em sua memoria senhor tempo ...

domingo, 2 de junho de 2013

Quando eu não aguentar


Quando eu não me aguentar, e desistir,
por favor, siga comigo, ainda que em silêncio.
Sei que é difícil, é mais do que ser amigo,
é amparar quem talvez, nem queira amparo.
Quando eu não me suportar, e resistir,
quando o remédio for muito amargo,
não deixe de me dar a dose certa,
ainda que eu não te entenda,
isso é ser mais do que amigo, é ser anjo.
Há dias em que precisamos de um anjo,
de alguém que vele o nosso sono,
que nos sacuda quando estivermos em meio a um pesadelo,
quando nossa boca fica amarga,
quando não queremos aceitar que acabou,
que o filme terminou,
que quem partiu não volta.
Quando eu desistir da vida,
por favor, seja meu anjo,
me mostre um jardim,
diga que é só um recomeço, que não é o fim.
E seja mais do que um amigo, mais do que um anjo,
seja o meu reflexo, e por um instante, um momento de luz,
seja para mim, o próprio Jesus.
Paulo Roberto Gaefke

ESTER EU TE AMO ETERNAMENTE

Sinto saudades...

glitters