domingo, 23 de novembro de 2014

Tudo mudou depois de sua partida

Tudo mudou depois de sua partida 
Eu não caibo mais nas roupas que eu cabia,
 eu não encho a mais a casa de alegria.
 Os anos se passaram e, enquanto eu dormia,
 quem eu queria bem me esquecia.
 Será que eu falei o que ninguém dizia? 
Será que eu escutei o que ninguém ouvia? 
Eu não vou me adaptar. 
Eu não tenho mais a cara que eu tinha;
 no espelho essa cara já não é minha. 
 Será que eu falei o que ninguém ouvia? 
Será que eu escutei o que ninguém dizia?
 Eu não vou me adaptar (…). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTER EU TE AMO ETERNAMENTE

Sinto saudades...

glitters