sábado, 9 de fevereiro de 2013

Descrever minha dor...

Como descrever minha dor são tantos sintomas... Você sabe o que é sonhar amar desejar um filho e de repente tudo se acaber, um filho que se foi grande, pequeno bebê, não importa a dor de perder um filho tenho para mim que é a maior de todas que um ser humano possa passar.
Horas estamos bem, horas nem tanto em algumas o desespero nos invade e contra o que temos que lutar contra SAUDADE, ah este sentimento  com tão poucas letras nos mata um pouquinho a cada dia. Tenho para mim que nossa maior tristeza é não poder remediar esta saudade pois quem  poderia nos livrar de todo esta dor não o fará, não posso dizer jamais pois tenho uma esperança, sim uma esperança que brilha como uma pequena luz a quilômetros de distância como um grão de areia, más é a essa esperança que me apego, um dia eu irei rever aquelas que hoje são inalcançáveis para mim...
Hoje me sinto bem mais não forte o suficiente para rever um retrato seu sem chorar, hoje me sinto forte mais não ao ponto de falar de você sem engasgar e me perder em um olhar triste e longe, hoje me sinto forte mais não ao ponto de dizer que já estou melhor, nunca haverá melhor para mim, haverá sempre a canção que fará meus olhos marejarem, o cheiro que lembrará você a ultima vez que o vi, a ultima frase,o ultimo telefonema, o ultimo eu te amo...As lembranças ah estas me ferem me atacam de forma desmedida, quero gritar, chorar queria amanhecer e te ter e ver que nada foi real, que foi apenas um pesadelo ruim que me aconteceu... Hoje nada me preenche, nada me ocupa, vou vivendo a vida vai me levando rio abaixo sem rumo aonde tudo é monocromático melancólico sem graça sem vida, mais este é meu mundo, queria ser menos vazia, queria rir sem me culpar, queria rir de coisas bobas sem nexo com antes, mais nada é como antes e jamais será. Assim vou vivendo a vida, um dia de cada vez ,um sorriso de cada vez ,inúmeras lembranças suas e uma amor que sobrevive além das barreiras da vida da saudade e do tempo... Amarei vocês enquanto mamãe viver minhas anjinhas eternas Ester e Julia...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTER EU TE AMO ETERNAMENTE

Sinto saudades...

glitters